Only know you've been high when you're feeling low
Let Her Go
Só sabe que a ama quando a deixou ir
»
theme com base
vamos deixar uma coisa clara para as mulheres que acham isso coisa de vagabunda.
você tem um namorado certo? vocês se conhecem e se amam?
qual é o preconceito de engolir na hora do ato? nojo? ou e porque vocês se sentem rebaixadas e desvalorizadas ? o sexo oral faz parte… sexo oral é sexo… não e porque a mina ja chupou mais nunca foi penetrada que ela e virgem! sexo oral é sexo e pronto. oque tem o cara gozar na boca de vocês? nos homens quando estamos fazendo oral em vocês, vocês soltam um liquido e nos não cuspimos aquilo, nos engolimos. então não tem o porque vocês ficarem com esse preconceito, ( engolir goza é coisa de puta); puta é aquela que faz com todo mundo. mulher tem que ser ousada com o parceiro sim. mais não é porque ela pediu pra gozar na boca dela que ela e vulgar, ou mulher sem respeito. esse sim que é mulher que ja esta com a boca lá cheia de tesão e completa a ação. tem mulher que acha nojento não consegue engolir, ta beleza então cospe, você não e obrigada a engolir nada. mais ficar achando que isso e coisa de puta torna você uma pessoa de mente pequena.
transar e bom… gozar e ótimo… oral é perfeito… pra ambos.
então relaxem e curtam o momento.

40862

(Fonte: itcuddles)

E se algum dia eu te ligar e disser que sinto falta do que a gente era ou nem chegou a ser, por favor, me ignora. Desliga na minha cara, faz cara de paisagem, finge que a ligação está ruim, distante, pum, faz cair a ligação. Finge que eu não disse. Porque eu preciso te esquecer de uma vez por todas.
Clarissa Corrêa  (via se-eu-pudesse)

(Fonte: 13-novembro)


Aceito ir pra um lugar que o único barulho seja do vento e do mar. ☀️🍃🌊
0

Aceito ir pra um lugar que o único barulho seja do vento e do mar. ☀️🍃🌊

Estarei com você até nos dias mais difíceis.
Deus. (via teleportear)

(Fonte: princesa-ungid4)


Que a força do medo que tenho não me impeça de ver o que anseio. Que a morte de tudo em que acredito não me tape os ouvidos e a boca, porque metade de mim é o que eu grito, mas a outra metade é silêncio. Que a música que ouço ao longe seja linda ainda que tristeza. Que a mulher que amo seja pra sempre amada, mesmo que distante, porque metade de mim é partida, mas a outra metade é saudade. Que as palavras que eu falo não sejam ouvidas como prece e nem repetidas com fervor, apenas respeitadas como a única coisa que resta a um homem inundado de sentimentos, porque metade de mim é o que ouço, mas a outra metade é o que calo. Que essa minha vontade de ir embora se transforme na calma e na paz que eu mereço e que essa tensão que me corrói por dentro seja um dia recompensada, porque metade de mim é o que penso, mas a outra metade é um vulcão. Que o medo da solidão se afaste, e que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável. Que o espelho reflita em meu rosto num doce sorriso que eu me lembro ter dado na infância, porque metade de mim é a lembrança do que fui, a outra metade não sei. Que não seja preciso mais do que uma simples alegria pra me fazer aquietar o espírito, e que o teu silêncio me fale cada vez mais, porque metade de mim é abrigo, mas a outra metade é cansaço. Que a arte nos aponte uma resposta, mesmo que ela não saiba, e que ninguém a tente complicar, porque é preciso simplicidade pra fazê-la florescer, porque metade de mim é platéia e a outra metade é canção. E que a minha loucura seja perdoada, porque metade de mim é amor, e a outra metade também.
Oswaldo Montenegro.  (via desalentou)

18529
Sozinho ou não, você tem que seguir em frente.
P.S. Eu Te Amo.   (via auroriar)

(Fonte: xcarlinhax)


Pra ele eu havia seguido em frente, pra mim eu nunca estive mais empacada na minha vida antes.
Ele tentou se convencer duzentas vezes que eu não o amava, e a verdade é que eu também estava me convencendo de que ele não me amava.
Ele cobrava atitudes de mim que ele mesmo não tinha coragem de fazer, e eu cobrava atitudes dele que eu mesma não fazia só por ele não fazer.
Algumas pessoas sentiam só de saber da gente que isso era um amor bem diferente, que era verdadeiro e imenso. Mas nenhum de nós éramos perfeitos.
Passamos muito tempo ensinando um ao outro como ser tratados, mas nem eu nem ele aprendemos.
A gente sempre fazia o que esperava ter em troca, e depois começamos a fazer o que o outro fazia.
Virou um tal jogo do amor, onde depois de um tempo tudo se esgotou e não houve vencedor.
— escondidadevc (via edv-diary)

Maturidade hoje em dia é fazer sexo, beber e fumar maconha.

(Fonte: vodkaeputaria)